> Home > Notícias > Roubos e furtos de veículos crescem em 7 cidades da região de Campinas

Região

Roubos e furtos de veículos crescem em 7 cidades da região de Campinas

19/03/2017
Roubos e furtos de veículos crescem em 7 cidades da região de Campinas Sete municípios contabilizaram 655 furtos e roubos de veículos em janeiro (Foto: Fernando Pacífico

Os furtos e roubos de veículos cresceram 9,8% em sete cidades da Região Metropolitana (RMC) em janeiro, no comparativo com mesmo período do ano passado, segundo o governo do estado. Artur Nogueira, Campinas, Morungaba, Paulínia, Pedreira, Valinhos e Vinhedo tiveram juntas 655 crimes, média de 22 por dia, e neste mês houve recuperação de 304 - igual a 46% das unidades.

Campinas concentra a maioria das ocorrências: foram 307 furtos e 251 roubos de veículos, que aumentaram respectivamente 2,3% e 11% em relação a janeiro de 2016. Por outro lado, de acordo com a Secretaria de Segurança (SSP), houve localização de 275, o equivalente a 49,2%.
O total de veículos recuperados em ações de segurança nas cidades, por outro lado, diminuiu 3,7% no intervalo considerado - foi de 316 unidades para 304, segundo o governo do estado. Neste grupo de cidades, Valinhos é a segunda com mais casos. Veja tabela abaixo.

Áreas problemáticas
Segundo a Polícia Civil, as áreas mais críticas para roubos e furtos de motos em Campinas ficam no Centro - ruas Barão de Jaguara e Ferreira Penteado, e Avenida Doutor Thomaz Alves. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) defende que elevou fiscalização sobre desmanches.

Em relação aos automóveis, os pontos mais críticos ficam nas regiões do Centro e Lagoa do Taquaral. A Polícia Militar, porém, defende que houve redução de crimes entre 2011 e 2016.

Considerando-se os 20 municípios da RMC, a quantidade total de furtos e roubos teve redução de 11,6% - passou de 1,2 mil para 1 mil. Entre as outras cidades desta área estão Americana, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Nova Odessa, Santa Bárbara d'Oeste, Santo Antonio de Posse e Sumaré.
O que será feito?
A assessoria da SSP informou, em nota, que as polícias Civil e Militar estão atentas aos roubos e furtos de veículos na região e, para combatê-los, "realizam diversas operações em oficinas e estacionamentos suspeitos, além de bloqueios policiais nos locais em que há maior incidência".

Segundo a Secretaria, nas cidades mencionadas 4,7 mil pessoas foram presas em flagrante e houve 597 armas apreendidas durante o ano passado. "Em janeiro, foram 381 pessoas presas. A PM acompanha semanalmente os dados estatísticos para elaborar os planos de policiamento."
(Do G1 Campinas e Região)

 

 

ESPALHE!

Outras notícias.

PUBLICIDADE
Eliana Dagmar Treinamentos - Comunicação para o Sucesso! - (19) 3807-5121
Últimas Notícias

12/05/2017

ACEA elegeu a Mãe Símbolo amparense 2017

09/05/2017

Campinas é cidade-sede do Pint of Science 2017

09/05/2017

Itapira: Pérola Negra 2017 presta homenagens

09/05/2017

Governo promove ação para cliente renegociar dívida bancária pela internet

26/04/2017

Ponte Preta na disputa final do Campeonato Paulista
Dagmar News
Dagmar News

Seu Portal de Notícias do Circuito das Águas Paulista

CONTATOS

(19) 3807-8214

contato@dagmarnews.com.br